Entenda a composição do preço da gasolina e seus tributos

Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), quase 50% do preço da gasolina é imposto

 

A ANP divulga estudos que demonstram a composição dos preços dos combustíveis em seu site. As informações divulgadas ajudam a entender o que está embutido no preço do combustível nas diversas regiões do país. Os dados consideram o valor do composto, o custo com o transporte, os impostos federais e estaduais, as margens de lucro dos distribuidores e dos postos. A média nacional destaca a pesada carga tributária: quase metade (44%) do valor pago na gasolina são impostos. O percentual excede o custo do próprio combustível.

 

Média nacional

O preço médio por litro de gasolina no país em fevereiro era de R$ 4,18. O valor referente ao combustível em sí é de R$ 1,10, e a parte de etanol (27%) que faz parte do composto usado para abastecer os automóveis custa R$ 0,56. Esses dados demonstram que o litro de gasolina, sem os impostos e as parcelas dos revendedores, custa apenas R$ 1,16.

É perceptível que os impostos são um dos maiores responsáveis pelo alto preço da gasolina atual. Os tributos estaduais representam 28% do valor, custando, em média, R$ 1,19. Já os impostos federais, equivalem a R$ 0,65 (16%). Chegando assim, ao total de 44% ou R$ 1,84.

O lucro dos postos de gasolina fica em cerca de 10% e as distribuidoras recebem cerca R$ 0,18 (4%), o custo com transporte equivale a R$ 0,10 (2%).

Estes números se referem a um litro de gasolina. Quando a base de cálculo passa um tanque de 50 litros, o gasto total é (considerando o preço médio da gasolina no brasil) de R$ 209. Neste caso, o valor dos impostos representa, R$ 92.O valor restante, R$ 83,60 são responsáveis por pagar o composto (gasolina + etanol).

De acordo com os dados da ANP, a região com a gasolina mais cara do Brasil é a norte. O nordeste, por sua vez, se destaca pelo menor preço. Já na região sudeste se encontra a maior taxa de impostos R$ 1,98 (47%) dos R$ 4,22. Confira os dados abaixo:

 

Região Norte

Valor Porcentagem
Preço da gasolina comum R$ 1,07 25,1%
Preço do etanol anidro R$ 0,53 12,4%
Custo de transporte R$ 0,15 3,7%
Tributos Federais R$0,69 16,1%
Tributos estaduais R$ 1,13 26,5%
Margem bruta de distribuição R$0,24 5,7%
Margem bruta de revenda R$ 0,45 10,05%
Preço total da gasolina comum ao consumidor R$4,26 100%

 

Região Nordeste

Valor Porcentagem
Preço da gasolina comum R$ 1,05 25,6%
Preço do etanol anidro R$ 0,53 12,9%
Custo de transporte R$ 0,08 2%
Tributos Federais R$0,69 16,8%
Tributos estaduais R$ 1,19 29,1%
Margem bruta de distribuição R$0,16 3,9%
Margem bruta de revenda R$ 0,40 9,7%
Preço total da gasolina comum ao consumidor R$4,09 100%

Região Centro-oeste

Valor Porcentagem
Preço da gasolina comum R$ 1,19 28,2%
Preço do etanol anidro R$ 0,53 12,4%
Custo de transporte R$ 0,10 2,4%
Tributos Federais R$0,69 16,2%
Tributos estaduais R$ 1,15 27,4%
Margem bruta de distribuição R$0,15 3,6%
Margem bruta de revenda R$ 0,41 9,7%
Preço total da gasolina comum ao consumidor R$4,24 100%

Região Sudeste

Valor Porcentagem
Preço da gasolina comum R$ 1,15 27,3%
Preço do etanol anidro R$ 0,53 12,5%
Custo de transporte R$ 0,06 1,3%
Tributos Federais R$0,69 16,3%
Tributos estaduais R$ 1,29 30,5%
Margem bruta de distribuição R$0,17 4,1%
Margem bruta de revenda R$ 0,34 8%
Preço total da gasolina comum ao consumidor R$4,22 100%

Região Sul

Valor Porcentagem
Preço da gasolina comum R$ 1,13 27,3%
Preço do etanol anidro R$ 0,53 12,7%
Custo de transporte R$ 0,04 1%
Tributos Federais R$0,69 16,6%
Tributos estaduais R$ 1,21 29,3%
Margem bruta de distribuição R$0,13 3,2%
Margem bruta de revenda R$ 0,41 9,8%
Preço total da gasolina comum ao consumidor R$4,14 100%

 

De acordo com os dados retirados do Relatório do Mercado de Derivados de Petróleo do Ministério de Minas e Energia, a região com a gasolina mais cara do Brasil é a norte.  Nordeste ficou em segundo lugar neste ranking, por sua vez, se destacam pelo menor preço. Na região sudeste está a maior taxação por impostos R$ 1,98 (47%) dos R$ 4,22.

Com informações via ANP.



Redação Grupo Studio

Equipe de especialistas com a missão de auxiliar as empresas de todos os portes, segmentos e regimes tributários.